Queridinha das famosas: conheça os benefícios da fisioterapia pélvica

  • 02/04/2024
(Foto: Reprodução)
Especialidade da fisioterapia focada na região pélvica vem ganhando cada vez mais praticantes, incluindo várias celebridades do cenário nacional e internacional Crédito: Divulgação Anitta, Viih Tube, Letícia Colin, Laura Neiva, Viviane Araújo, Thaeme, Bruna Spínola, Sabrina Sato, Camila Camargo e Preta Gil. O que todas essas celebridades têm em comum? Bem, além da fama, é claro, todas são fãs da fisioterapia pélvica, uma especialidade fundamental para promoção da saúde e bem estar das mulheres e dos homens em todas as idades. Embora tenha enfrentado tabus e desinformação no passado, hoje em dia essa área da fisioterapia vem ganhando cada vez mais adeptos por conta da extensa gama de benefícios que oferece para quem busca melhorar sua qualidade de vida. “As pessoas tendem a se preocupar, naturalmente, com o fortalecimento de outros grupos musculares mais conhecidos e evidentes, e não percebem como a musculatura do assoalho pélvico é essencial para uma vida saudável, em diversos aspectos”, afirma a Dra. Paula Hebb Lima, fisioterapeuta do Instituto Hélder Polido, em São Carlos. Segundo a fisioterapeuta, os músculos pélvicos são o suporte principal para os órgãos pélvicos como, a bexiga, útero, reto e próstata. Através de técnicas específicas, o fisioterapeuta pélvico orienta como fortalecer, relaxar e reeducar esses músculos, promovendo diversos benefícios para a saúde da pessoa. “Exercitar corretamente os músculos pélvicos é fundamental para prevenir e tratar diversas disfunções que acometem essa região, tais como, as incontinências, dores pélvicas crônicas e cuidados no pré e pós-parto”, explica a profissional. Além disso, Dra. Paula também cita a melhora da função sexual como outro importante ganho oferecido pela fisioterapia pélvica. “Quem pratica fisioterapia pélvica adquire maior consciência sobre o próprio corpo, e consegue melhorar a função muscular da região genital, proporcionando uma vida sexual com menos dores e mais confiança e prazer”, esclarece. Dra. Paula Hebb Lima, fisioterapeuta pélvica no Instituto Hélder Polido, em São Carlos Crédito: Divulgação Indicações Segundo Dra. Paula, que possui graduação pela UNICEP e é Pós-Graduanda em Fisioterapia Pélvica na Saúde da Mulher e do Homem pela CERTRO/FIS, a fisioterapia pélvica é indicada para a prevenção e reabilitação no tratamento de muitas disfunções de saúde uroginecológica. Entre eles, estão: incontinência (urinária, fecal ou gasosa) prolapsos genitais dor pélvica crônica e dores lombares disfunções sexuais, como vaginismo, disfunção erétil e ejaculação precoce preparação para o parto e recuperação pós-parto prostatites endometriose constipação intestinal bexiga hiperativa pós-cirurgias pélvicas (como prostatectomia e histerectomia). O apoio da fisioterapia pélvica no pós-operatório tem sido fundamental para Preta Gil, por exemplo. A artista, que tratou um câncer no intestino, relata que a técnica “é muito importante, não só para quem está recém-operada, como eu, mas para qualquer mulher". Muitas mulheres buscam a fisioterapia pélvica durante a gestação, visando preparar-se e fortalecer o assoalho pélvico para ter um parto tranquilo e uma recuperação mais rápida. “Ocorre uma melhora da experiência da gestação como um todo, desde a redução das dores lombares e pélvicas, do famoso escape de xixi, até o momento do parto, onde a fisioterapia atua na prevenção dos traumas perineais, além de oferecer estratégias como suporte com posicionamentos ou mudanças posturais para auxiliar no nascimento”, afirma Dra Paula. “A gestante ganha uma consciência muito maior do seu corpo e do bebê, e a gravidez se torna mais confortável e segura, independente se for parto vaginal ou cirurgia cesária”, conclui. Instituto Hélder Polido oferece estrutura diferenciada para seus pacientes Crédito: Divulgação Tecnologia avançada em ação Além de exercícios tradicionais na área da fisioterapia, com o uso de dispositivos como os cones vaginais, por exemplo, um dos diferenciais da fisioterapia pélvica é o uso de um recurso chamado biofeedback. Há diferentes equipamentos de biofeedback, para exames e treinamento muscular perineal, precisos e avançados, nos quais é possível captar sinais de contrações musculares da região e indicar para o profissional e o paciente, em forma de gráficos na tela do computador, o grau de funcionalidade muscular. O Instituto Hélder Polido conta com essa tecnologia, e Dra. Paula utiliza o equipamento de biofeedback eletromiográfico para avaliação em suas consultas, tanto para diagnóstico funcional, quanto para treinamento e acompanhamento do progresso dos pacientes. Segundo a fisioterapeuta, a tecnologia potencializa muito os resultados, mas o acolhimento e a humanização na relação entre profissional e paciente também são essenciais. Esse, afirma, é um importante diferencial do IHP. “Muitas pessoas procuram o apoio da fisioterapia pélvica quando já estão com alguma disfunção e isso está causando dor, afetando sua autoestima ou até mesmo sua vida social. O cuidado e o carinho com que recebemos e ouvimos cada paciente aqui é o primeiro passo para um tratamento eficaz”, pontua. O Instituto Hélder Polido atua dentro do conceito de Medicina Integrativa, que oferece um olhar multidisciplinar para o caso de cada paciente e propõe, em muitas situações, a atuação de diferentes profissionais ao mesmo tempo. Isso, segundo a fisioterapeuta, proporciona uma abordagem muito mais abrangente, melhorando os resultados. “Casos de disfunções sexuais, dores crônicas e cirurgias urológicas, por exemplo, são conduzidos tanto por mim quanto pelos especialistas de outras áreas, onde atuamos em conjunto para a reabilitação plena do paciente”, diz Paula. A especialista reafirma que a fisioterapia pélvica é indicada não apenas para mulheres, mas também para homens, e esclarece que, dependendo do caso, uma sessão semanal já é suficiente para gerar os resultados desejados. Mas a Dra. Paula lembra que é preciso procurar um profissional fisioterapeuta que atenda exclusivamente em uroginecologia para conduzir o tratamento de forma assertiva e transmitir informações corretas, evitando assim a prática equivocada de exercícios sem prescrição, e parâmetros corretos para cada caso individualmente. “É como fazer musculação, mas fortalecendo músculos para os quais quase ninguém dá muita atenção, e que são extremamente importantes para uma vida saudável”, finaliza a profissional. CREFITO 3/365173 F Serviço Instituto Hélder Polido Rua Maestro João Seppe, 900 Sala 133, Edifício Medical Center Jardim Paraíso, São Carlos – SP Site: www.institutohelderpolido.com.br Telefone/WhatsApp: (16) 99312 5156 - (16) 3372 7163

FONTE: https://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/especial-publicitario/instituto-helder-polido/sua-saude-em-2024/noticia/2024/04/02/queridinha-das-famosas-conheca-os-beneficios-da-fisioterapia-pelvica.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1. O que eu faço amanhã

Emanoel & Manolo

top2
2. Onde Deus possa me ouvir

Emanoel & Manolo

top3
3. Amarte és um prazer

Emanoel & Manolo

top4
4. Pequenas Lembranças

Emanoel & Manolo

top5
5. A voz da Amazônia

Emanoel & Manolo

Anunciantes